Publicidade

terça-feira, outubro 31, 2017

O punhal

Respirar livremente tem sido algo difícil, não somente para uma ou duas pessoas, mas para muitas. Estamos rodeados, cercados pela opressão, perseguidos simplesmente por não ser padrão desse mundinho, corrompido, escravizador.

Todos os dias somos apunhalados de várias formas, de diversas maneiras, tal qual nos surpreende, até porque o punhal se encontra onde não imaginávamos, e é doloroso, não a ferida, mas quem a causou.

Nos proteger ficou, de certa forma, um pouco difícil, mas talvez não seja impossível, até porque, cada um de nós temos uma reserva interior, algumas estão cheias, outras estão pela metade, mas toda essa reserva é que tem nos mantido de pé, toda essa reserva tem cicatrizado nossas feridas, e tem nos dado esperança.

Está difícil?
Eu sei que está!

Mas já percorremos muito para desistir agora, e se olharmos para trás, veremos que o nosso passado foi bem pior, e que o nosso presente é o que importa, independente de quantas vezes iremos ser apunhalados.

Lyu Somah


2 comentários:

  1. Ótima reflexão ! Passei por algo desse tipo ,mas graças a reserva me mantenho firme. Pela graça.
    Deus abençoe sua semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também passei por isso, mas Deus está conosco, Pastora!

      Deus abençoe a Sra, grande bjo...

      Excluir